fbpx

Percurso Bombeiros e Proteção Civil

Online
  • Início: 27/10/2021
  • Fim: 14/02/2022
  • Horário: 19h - 22h30
Ficha de Pré-Inscrição
Destinatários

Os candidatos devem cumprir os seguintes requisitos:

  • Residência: nas regiões Norte, Centro ou Alentejo
  • Idade: igual ou superior a 18 anos e inferior a 66 anos
  • Situação profissional: ativos empregados por conta de outrem Ou por conta própria (trabalhadores independentes)
  • Habilitações literárias: iguais ou superiores ao 9º ano

No processo de seleção é dada preferência a pessoas que desenvolvem a sua atividade profissional nas áreas da Proteção Civil (inclui Bombeiro), saúde e diretamente relacionadas.

Datas das sessões:

  • 9917 – Gestão inicial de operações: 27 e 29/Out; 3, 5, 10, 12, 16, 18, 19, 24, 25 e 30/Nov; 2 e 3/Dez
  • 9935 – Posto de comando operacional – iniciação: 6, 10, 15, 16, 17, 20, 21, 22 e 27/Dez; 4, 5, 6, 10 e 12/Jan
  • 3747 – Controlo de acidentes com matérias perigosas: 13, 17, 19, 20, 24, 26, 27 e 31/Jan; 1, 3, 8, 9, 10 e 14/Fev
Objetivos

Pretende-se que no final do curso os formandos sejam capazes de:

9917 – Gestão inicial de operações

  • Descrever as linhas gerais do sistema integrado de operações de proteção e socorro
  • Descrever o sistema de gestão de operações
  • Reconhecer os procedimentos de intervenção e de segurança nas ocorrências que envolvem matérias perigosas
  • Identificar uma situação de acidente multivítimas
  • Liderar um grupo em diferentes atividades

9935 – Posto de comando operacional – iniciação

  • Descrever a organização do posto de comando operacional
  • Elaborar o plano de ação
  • Selecionar as diferentes ferramentas de apoio operacional
  • Coordenar o funcionamento das células do PCO, de acordo com os procedimentos estabelecidos

3747 – Controlo de acidentes com matérias perigosas

  • Reconhecer a situação e identificar a simbologia de sinalização de matérias perigosas, especificando os procedimentos para cada classe de matéria perigosa
  • Descrever os equipamentos adequados ao controlo das diferentes matérias perigosas
  • Reconhecer e analisar os manuais de intervenção em emergências com matérias perigosas, químicas,  radiológicas e biológicas e as respetivas normas e diretivas operacionais específicas
Programa

9917 – Gestão inicial de operações: 50 horas

  • Sistema integrado de operações de proteção e socorro
    • Coordenação institucional
    • Coordenação operacional
    • Estruturas de coordenação e de direção e comando
    • Estado de alerta especial
  • Sistema de gestão de operações
    • Princípios fundamentais da gestão de operações
    • Organização do teatro de operações
    • Posto de comando operacional
    • Fases do sistema de gestão de operações
    • Ferramentas de apoio à gestão de operações
  • Processo de decisão operacional
  • Simbologia gráfica
  • Análise da zona de intervenção
    • Topografia
    • População
    • Dados meteorológicos
  • Acidentes com matérias perigosas
    • Guia de comando
    • Procedimentos de intervenção e de segurança
    • Organização das zonas de intervenção
  • Acidentes multivítimas
    • Guia de comando
    • Triagem
    • Sistema START
  • Práticas de chefia de um grupo

9935 – Posto de comando operacional – iniciação: 50 horas

  • Organização do posto de comando
    • Funções do posto de comando operacional
    • Células do posto de comando operacional
    • Gestão da informação
  • Processo de decisão operacional
  • Plano estratégico de ação
    • Resultados esperados
    • Estratégia
    • Meios e recursos
  • Setorização
    • Setores geográficos
    • Setores funcionais
  • Ferramentas de coordenação, comando e controlo
    • Quadros de comando (Fase II)
    • Painéis de coordenação, comando e controlo (Fases III e IV)
    • Documentos de apoio
  • Práticas de gestão das células do posto de comando operacional

3747 – Controlo de acidentes com matérias perigosas: 50 horas

  • Caraterização da situação
    • Características de perigosidade das matérias perigosas
    • Tipos de acidentes e respetivos fenómenos químicos e físicos
    • Perigos para a saúde da exposição às matérias perigosas
    • Classificação e sinalização
    • Metodologias de identificação das matérias e de avaliação da situação
  • Procedimentos de intervenção
    • Deteção e medição
    • Ações de proteção da população e comunicação
    • Delimitação das áreas de segurança
    • Resposta inicial de emergência médica, triagem e tratamento de vítimas
    • Contenção, tamponamento e inertização
    • Trasfega, recolha e acondicionamento de amostras
    • Recolha e encaminhamento de resíduos para destino final
    • Descontaminação
  • Proteção e segurança dos operacionais
Organização

O curso assenta no seguinte modelo de organização:

  • Percurso de formação constituído por 3 UFCD’s do referencial de Técnico/a de Proteção Civil
  • Realizado em regime de e-Learning (online)
  • Sessões síncronas via Zoom, complementadas com a plataforma Moodle
  • Exige que o formando disponha de computador com câmara ligada e acesso à Internet

Devem, ainda, se atendidas às seguintes condições:

  • Um formando não pode repetir a frequência de uma UFCD em que foi certificado
  • A realização do curso fica dependente de um número mínimo de 18 inscrições confirmadas
  • O curso não poderá integrar mais de de 50% de formandos provenientes da mesma entidade patronal
Inscrição

Para formalização da inscrição, o candidato deverá preencher a Inscrição, sendo posteriormente contactado via e-mail para entrega dos seguintes documentos:

  • Certificado de habilitações
  • Comprovativo da situação profissional
  • Comprovativo de horário de trabalho (para ativos empregados)
  • Comprovativo bancário onde conste o IBAN e a identificação do titular/ formando
  • Comprovativo de morada completa

O número de vagas é limitado, sendo que no processo de seleção é dada preferência a pessoas que desenvolvem a sua atividade profissional nas áreas da Proteção Civil (inclui Bombeiro), saúde e diretamente relacionadas. Serão, ainda, priorizadas as inscrições das pessoas que possam frequentar as 3 UFCD’s que constituem o percurso de formação (que não tenham validado anteriormente alguma das UFCD’s).

O processo de análise das inscrições para posterior seleção implica a prévia entrega de todos os documentos aqui identificados.

A eventual seleção de candidatos na situação profissional de “desempregado Não DLD” está sujeita aos limites aprovados para o projeto formativo e dependente da existência de vagas não preenchidas por candidatos na situação profissional de ativo empregado.

Na seleção será ainda assegurado o princípio de que a maioria dos formandos deverá ter residência fiscal na região Centro.

Pagamentos

Atribuição ao formando, mediante aproveitamento, cumprimento dos requisitos de assiduidade e desde que a formação decorra em horário pós-laboral, de Subsídio de Alimentação no valor de 4,77€/ dia.

Nota: quando elegível, o pagamento fica dependente da entrega de comprovativo de horário de trabalho com data anterior à data de início do curso (aplicável aos ativos empregados) e de comprovativo bancário onde conste o IBAN e a identificação do titular/ formando.

Certificação

Atribuição ao formando, mediante aproveitamento em cada UFCD e cumprimento das regras de assiduidade, de Certificado de Qualificações com a identificação das UFCD’s que constituem o percurso de formação

Avaliação

No âmbito da avaliação, serão consideradas as seguintes dimensões de análise:

  • Avaliação formativa: assiduidade, pontualidade e qualidade das intervenções nas sessões síncronas (10%) e responsabilidade (10%)
  • Avaliação sumativa: ficha de avaliação da aprendizagem (80%)
Assiduidade

Frequência efetiva de 90% do número de horas de cada UFCD (a certificação e pagamento do subsídio de alimentação referente a cada UFCD está dependente do cumprimento deste requisito).

Ficha de Pré-Inscrição

Cofinanciado por: